• Rafael Assumpção

Quatro dúvidas que tiram o sono das gestantes


gestante deitada de lado olhando para a barriga

Oi, bem-vinda a mais um artigo do blog do Sky Light Studio.

Hoje quero te falar sobre as maiores dúvidas que toda gestante tem, e que fazem elas perderem o sono de tanta ansiedade.

Mas não se preocupe, porque tem resposta pra cada uma delas, pra você poder ficar tranquila.

mulher grávida sentada no chão ao lado da janela

Dúvida #1: “Será que vou conseguir perder o peso que vou ganhar na gravidez?”

Diariamente vemos fotos de celebridades que voltaram a ficar totalmente em forma um mês depois do parto. Mas não é saudável achar que tem que ser assim com todas as mulheres. Na verdade, poucas são as coisas que podem ser tomadas como referências na vida das celebridades, que vivem de sua aparência.

A maioria das mulheres que engordam dentro do padrão esperado (entre 9 e 15 quilos) durante a gravidez consegue perder tudo o que ganhou durante os primeiros meses de vida do bebê, especialmente se amamentam (são cerca de 800 calorias por dia em média).

Portanto, se você estava com um peso adequado no início da gestação, tudo o que precisa fazer é manter uma alimentação balanceada, seguir todas as recomendações médicas e logo tudo estará de volta como sempre foi com seu corpo.

gestante de pé ao lado de um arbusto

Dúvida #2: "Será que vou aguentar as dores do parto?"

O medo das dores do parto é muito comum, principalmente nas mães de primeira viagem. Afinal, todos temem o desconhecido.

Mas procure pensar que as pessoas vêm nascendo através de parto normal há séculos, e nem por isso as mulheres paravam após o primeiro filho.

As mídias de entretenimento retratam de forma equívoca os partos, talvez para acentuar o drama em filmes e novelas, e isso é o que colabora com a cultura do medo do parto normal.

O mais importante é confiar no seu corpo, que foi preparado pela natureza para cuidar de tudo o que é preciso para que seu bebê venha ao mundo com saúde e segurança.

Converse bastante com seu obstetra, participe de cursos de gestantes e leia bastante sobre o tema em sites especializados. Quanto mais racionalizamos nossos medos, menores eles se tornam.

gestante deitada posando para ensaio fotográfico

Dúvida #3: “Será que vou conseguir amamentar?”

Apesar de parecer algo muito natural e instintivo, as dificuldades na amamentação, principalmente nas primeiras semanas de vida do bebê, não são poucas e, por isso, grande parte das mães acaba desistindo de amamentar.

Mas a amamentação pode ser muito facilitada por diversas técnicas e práticas. Por isso, é fundamental buscar informações e pedir ajuda para conseguir encarar essa missão com tranquilidade.

De todas as dificuldades, a mais frequente entre as mães é a dor, que pode ocorrer por vários motivos, como bico rachado, seios muito cheios, pegada errada do bebê, entre outros.

Escolha sempre um local tranquilo, cuide do bico dos seios e aprenda a pegada correta para o bebê. Peça ajuda em cursos de gestantes, ao obstetra, ao pediatra e às enfermeiras da maternidade. Como todo processo de aprendizagem, é preciso paciência. Mas tenha certeza de que todo o esforço vai valer a pena, pois a amamentação vai garantir não só melhor saúde para o bebê, como também vai reforçar o elo especial entre vocês.

mulher grávida posando para ensaio fotográfico com figurino esvoaçante

Dúvida #4: “É verdade que chocolate faz mal na gravidez?”

Depende. Todo chocolate é bastante calórico, com muita gordura e açúcar. Por isso, gestantes com sobrepeso devem evitar o chocolate.

Além disso, seu consumo em excesso pode se tornar um agravante para gestantes com tendência ao diabetes gestacional. Se você é uma gestante que não se encaixa nas categorias de risco, então não faz mal comer um bombom de vez em quando.

Mas lembre-se que o açúcar e a gordura em excesso também são responsáveis por sintomas como azia e enjoo, por isso é importante manter um consumo equilibrado.

O que pode ajudar bastante é dar preferência pelo chocolate meio amargo, pois quanto maior a concentração de cacau, melhor as propriedades nutricionais do chocolate. Isso acontece porque o cacau é rico em antioxidantes, que ajudam na manutenção da saúde. Os chocolates do tipo meio amargo podem ter entre 40% e 70% de cacau, e, além disso, os chocolates mais amargos têm menos açúcar, leite e gordura na fórmula.

E você, tem alguma outra dúvida que te tira o sono?

Se a sua não está nessa lista, não se preocupe, porque estamos sempre produzindo novos conteúdos para orientar e ajudar as gestantes.

Nos vemos em breve.

Beijos de luz!

gestante encostada na parede ao lado da janela

#ensaiogestante #gestação #gravidez #dicasdagravidez